COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

A expectativa é de manutenção de veto

Ate amanhã estará provavelmente definida a situação que pôs em dúvida a continuidade da desindexação salarial, ponto do Plano Collor que seus autores e executores consideram essencial. Ao votar um projeto de lei estabelecendo indexação para níveis de salários menores, o Congresso foi ao confronto com o governo mas dificilmente terá condições de superar o veto do presidente da República, que somente poderá ser rejeitado pela maioria absoluta de votos de cada uma das câmaras legislativas. O governo poderá vencer se conseguir que metade dos senadores e deputados fique onde está para disputar as eleições. Mesmo que a maioria compareça ainda pode contar com votos favoráveis ao veto que serão dados em escrutínio secreto, tal como manda a Constituição. O princípio constitucional quer preservar os congressistas de pressões que os impeçam de votar em consciência.

Claro que em época eleitoral como a que vivemos a tomada de posição em matéria como salário terá repercussões no ânimo [...]
21/08/1990

Na véspera da posse do Costa e Silva, o Otto Lara Resende, que era adido cultural em Lisboa, voltou ao Brasil e lançou um slogan: " Basta de intermedários, Lincoln Gordon para Presidente"!

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]