COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

Sarney analisa radicalização

Brasília — Surpreendido pela divulgação de comentários feitos na intimidade sobre sua intenção de devolver ao Presidente da República a presidência do PDS, tão logo seja registrado oficialmente o novo Partido, o Senador José Sarney, em conversa telefônica pouco antes do seu embarque para Bogotá como integrante da comitiva presidencial, não desmentiu a intenção, mas acrescentou que, se tomar decisão nesse sentido, a comunicará antes de qualquer pessoa ao Presidente João Figueiredo.

Disse-me também o Senador que identifica no Ministro Golbery do Couto e Silva o principal motor, dentro do Governo, do processo de abertura e lamenta que as oposições não tenham compreendido ainda a delicada operação que, sob o patrocínio do Chefe do Governo, vem sendo por ele conduzida. Em meio a pressões contraditórias, o Ministro Chefe do Gabinete Civil tem aconselhado o Governo a avançar ou a deter-se, conforme a avaliação do quadro de resistências internas ou do quadro de provocações [...]
11/03/1981

Na véspera da posse do Costa e Silva, o Otto Lara Resende, que era adido cultural em Lisboa, voltou ao Brasil e lançou um slogan: " Basta de intermedários, Lincoln Gordon para Presidente"!

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]