COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

A estratégia dos moderados

Há uma certa inversão de posições no PMDB, apesar da unidade aparente em favor da eleição direta em 1984. Já não foi o Deputado Ulysses Guimarães quem recolocou como base da negociação a direta-já, mas o Governador Franco Montoro, devidamente munido de um candidato prévio; cujo lançamento em convenção deverá dar impulso à nova subemenda da Oposição. O Governador Tancredo Neves é esse candidato, fortalecido pelo oportuno gesto de renúncia do presidente do Partido, e em condições de tornar-se o candidato único. Aliás, ou será único, ou não será.

A mobilização pela direta transfere-se para os Estados e para os Governadores e a liderança política é assumida pelo Governador de São Paulo, a quem coube adotar também a posição de intransigência. Ele não examina a hipótese de disputar o Governo pelo Colégio Eleitoral. Ora, essa atitude reforçará a mobilização política e popular pela direta, e a idéia imaginosa de lançar previamente o candidato único a fim de exorcizar os [...]
26/05/1984

"O Brasil precisa deixar de conviver com golpes."
18/3/90

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]