COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

Sarney pode contar com S. Paulo e Minas

Os empresários de São Paulo não conseguiram do presidente José Sarney a cabeça do ministro Dílson Funaro nem a rendição do governo a se apresentar novamente ao FMI em busca de respaldo para nova negociação da dívida externa. O Sr. José Sarney tinha, aliás, uma prévia avaliação do que seria a reunião, tanto que ela foi promovida por um de seus mais íntimos amigos, o empresário Mathias Machline e ele não insistiu em levar em sua companhia o ministro da Fazenda e os famosos assessores João Manoel e Luís Beluzzo, que são hoje mais responsabilizados que seu chefe pelas incertezas da situação econômico-financeira.

Há indícios, no entanto, de que à margem da reunião articulações paralelas asseguraram ao Palácio do Planalto o apoio dos governadores de São Paulo e de Minas Gerais, na iminência de oferecerem membros do primeiro escalão do governo federal. O presidente Sarney levou à fazenda do Sr Machline o óbvio general Bayma Denys e os assessores Jorge Murad e Saulo Ramos (que, [...]
24/03/1987

"Quero morrer livre como nasci."

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]