COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

A área onde se vai decidir a luta

Brasília — Salvo em alguns bolsões no Norte e Nordeste, o MDB vai disputara eleição, como se sabe, do Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul. Nesses cinco Estados a ascensão oposicionista, registrada em 1974, deve ser relativamente contida, sem que se possa prever uma recuperação apreciável da Arena. No pleito municipal, todavia, influem certos fatores gerais e particulares, destacando-se entre os primeiros à posse do Poder por elementos filiados ao Partido governista e o apoio maciço de todo o sistema à Arena. Entre os segundos, o prestígio local de personalidades e das querelas paroquiais. De um modo geral, todavia, é nesse longo, populoso e rico segmento do país que se decidirá, em número de votos, a vitória de que tanto carece o General Ernesto Geisel.

No Rio Grande do Sul os chefes da Arena, como o Senador Tarso Dutra e o Governador Guazzelli, têm revelado contido otimismo quanto aos resultados eleitorais, prevendo que o movimento pendular da política do extremo Sul [...]
26/03/1976

"Quero morrer livre como nasci."

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]