COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

Tema para negociação

Brasília — A hipótese de realização este ano de eleições municipais, que tinha sido descartada pelo falecido Ministro Petrônio Portella, volta a ser encarada e duas explicações poderão justificar o reexame da matéria. A primeira é que o Governo poderia tirar vantagens do fato de ter condições de organizar totalmente seu Partido até a véspera da eleição, enquanto os demais Partidos dificilmente realizariam a façanha. A segunda é que a convocação de eleições municipais seria o preço a pagar ao plenário do Congresso e aos Partidos em troca da rejeição da emenda constitucional que manda desde já realizar eleições diretas para governador a partir de 1982.

O PMDB e o PP vêm defendendo abertamente a realização do pleito municipal e condenando a decisão em contrário como manobra do Governo para evitar no período mais agudo do combate à inflação a manifestação do espírito oposicionista do eleitorado. O antigo Ministro da Justiça a explicava como decorrência natural da [...]
19/01/1980

Eu nunca fui atraído por nada que representasse aperfeiçoamento físico. Nunca fiz ginástica. Meu único exercício era jogar futebol na rua e andar de bicicleta (sobre seu interesse pela carreira militar)...

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]