COLUNA TEXTOS VIDA IMAGENS RECADOS

Um Ministério da Amazônia: Brizola

Leonel Brizola, se chegar a presidente da República, hipótese na qual confia cada vez mais, pretende criar um Ministério da Amazônia para tratar dos complexos assuntos da região. Ecologia, desenvolvimento seletivo, reservas indígenas, mineração, projetos industriais, estradas de penetração, de circulação e de ligação, tudo isso constitui um conjunto de temas que devem ter solução coordenada por um só comando administrativo e político. Sudam, Banco da Amazônia e outros organismos que lidam com assuntos da Amazônia serão incorporados ao novo Ministério que se proporá a tomar decisões unitárias e articuladas sob autoridade do mais alto nível. Essa idéia do candidato vem sendo cuidadosamente desenvolvida por sua assessoria e pretende ser um dos trunfos da campanha para conquistar o eleitorado amazônico bem como dos setores interessados no programa harmonioso e sustentado daquela região.

O candidato do PDT considera sua perspectiva eleitoral muito boa no Sul (Rio Grande, [...]
09/05/1989

Ele parecia muito com as minhas tias velhas lá do Piauí, é o mesmo tipo de cara, mesmo tipo de gente. (sobre o presidente Castelo Branco)

Carlos Castello Branco, o repórter do Brasil
Texto de Zózimo Tavares

"O Piauí teve, sim, outros expoentes, mas foi Carlos Castello Branco, o menino da Rua da Glória, a nossa glória maior”

Durante mais de meio século, ele foi o repórter político do Brasil. Um repórter que soube interpretar o país, na agonia de duas ditaduras e na esperança de duas redemocratizações; no suicídio de um presidente da República (Getúlio Vargas), na renúncia de outro (Jânio Quadros), na deposição de mais um (João Goulart) pelas armas e no impeachment de outro (Fernando Collor) pelas armações. [+]

Ao metre
Texto de Merval Pereira

No dia 25, o jornalista Carlos Castello Branco, uma espécie de patrono dos colunistas políticos brasileiros, o maior entre nós todos, teria feito 90 anos. Reproduzo aqui trechos do prefácio que escrevi para a reedição de seu livro clássico “Os militares no poder”, da Editora Record. E adianto que brevemente estarei lançando um livro, pela mesma editora, com o título de “O lulismo no poder”, uma homenagem ao mestre. [+]

Na seção TEXTOS você encontra todas as "Colunas do Castello" publicadas diariamente entre os anos de 1963 a 1993, além de entrevistas, discursos e correspondências. [+]

Os fatos narrados de forma precisa, clara e direta.
Desde Jânio Quadros até Fernando Henrique Cardoso.
[+]